Primavera do Leste / MT

Home / Notícias

Notícias

11/05/2017 - Secretaria de Saúde

Hospitais voltam a atender pelo SUS

Assessoria de Comunicação

Desde a tarde de ontem (10), os hospitais São Lucas (SL) e Hospital das Clinicas (HCP), retomaram o atendimento aos pacientes do  Sistema Único de Saúde (SUS). Na última sexta-feira (05) os hospitais deixaram de atender devido ao término do contrato, porém, após negociação entre hospitais e secretaria de saúde, o contrato foi retomado por 45 dias.

Neste período ocorrerá a renegociação dos  contratos e  valores entre município e hospitais. Por  hora  estuda-se a possibilidade de  conceder aumento de 10% apenas para Equipe Médica, já  aos hospitais (internações hospitalares), ainda não há posicionamento em relação a aumento por parte do executivo. "Durante o período de  negociação, que  já se encontra bem avançada, vamos estipular um critério para determinar reajustes anuais aos  contratos, com base no Índice  Nacional de Preços ao Consumidor  (INPC)", destacou o Secretário de  Saúde Ivaldir Ortiz.

A contrapartida do município   para manter os atendimentos nos hospitais conveniados somavam o valor em média R$ 770 mil mês. A  Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, desde abril vinha tentando negociar os contratos com os  hospitais, que propuseram um reajuste contratual de 27%. "No ano de 2016 os  contratos  FORAM REAJUSTADOS EM 13% para profissionais médicos e 23% para internações hospitalares, mesmo seguindo o índice  inflacionário  TENDO COMO BASE OS VALORES DE CONTRATO PASSADO,  não é  possível comprovar uma  margem de reajuste no valor  exigido em 27%, uma  vez  que a  defasagem acumulada do ano de  2014 a 2016 para os  profissionais médicos é de  10% e tecnicamente para os hospitais não há  defasagem, e  sim um valor superior de 3% comparado a inflação acumulada  dos  últimos anos", explicou o Prefeito Getúlio Viana em entrevista à imprensa  na última terça-feira (9).

No ano de 2016, a Prefeitura Municipal investiu cerca de 32,5% de arrecadação própria em saúde, sendo que a  Lei 141/2012, determina  que  o mínimo a ser aplicado é  de  15%, logo a  prefeitura, através  da Secretaria de Saúde, promoveu investimentos em saúde  acima da margem. “O que não podemos admitir é pagar um preço acima do valor  praticado em mercado, a  realidade atual de  Primavera do Leste, com base nos contratos passados firmados com hospitais, é que estávamos pagando valores  acima do praticado por um dos  planos de  saúde mais utilizados no país, a UNIMED, destacou o prefeito Getúlio Viana.

Durante entrevista o prefeito destacou que a gestão atual não está prezando por economizar ou reduzir os índices de gastos com saúde, e sim, em investir melhor  os  recursos públicos, buscando estratégias  para sanar as  filas de espera para cirurgias e  exames, e aumentar o números de  leitos disponíveis para SUS, nos hospitais credenciados.

Comentários




Comentário



código

código captcha

Nome *


E-mail * (o e-mail não será divulgado)

Veja também:

Troca no comando da Saúde

1ª Conferencia Municipal de Vigilância em Saúde acontecerá em Primavera do Leste

Secretário de saúde participa de audiência pública

NASF inicia 13º grupo antitabagismo

Triagem Neonatal promove atividades ao ar livre em comemoração ao Agosto Dourado.

Atividades do Agosto Dourado Continuam

1ª Conferencia Municipal de Vigilância em Saúde acontecerá nesse mês em Primavera do Leste

Primavera começa campanha para o 1º agosto dourado da cidade

CTA E PASTORAL DA AIDS PROMOVERÃO TESTES RÁPIDOS DURANTE A FESTA DE SÃO CRISTÓVÃO

Conselho Municipal de Saúde tem novo presidente

Veja mais

Prefeitura Municipal de Primavera do Leste / MT - Todos os Direitos Reservados

Rua Maringá, 444 - Centro - Primavera do Leste - MT - CEP 78850-000 - Tel. (66) 3498-3333