menu mobile

Home / Notícias

Notícias

Compartilhe:

19/04/2018 - Gabinete do Prefeito

Que ressocializa e prepara o reeducando para o mercado de trabalho

Diego Eifler
Que ressocializa e prepara o reeducando para o mercado de trabalho

O prefeito assinou ontem, quarta-feira, 18, na Prefeitura, o convênio com o Projeto 2ª Chance, em parceria com o Poder Judiciário, Ministério Público e Câmara Municipal, que tem por objetivo a ressocialização dos reeducando através da oportunidade de trabalhar, ter renda, apoio psicológico, enfim todo o suporte para começar uma nova vida. ”Sabemos do preconceito das pessoas com os reeducandos, mas o Poder Público não pode ser omisso e, eu pessoalmente entendo que projetos com esse, de cunho social e humano, só ajudam a quem está emocionalmente abalado, recluso, buscando uma oportunidade no mercado de trabalho e é recebido com preconceito se não tiver esse suporte que estamos oferecendo”. Léo reiterou que a sua gestão, com apoio incondicional de Sérgio Fava, seu vice, investe no ser humano, nas pessoas e tem um compromisso com o social.

Inicialmente são cinqüenta reeducandos selecionados pela direção da cadeia e órgãos do Judiciário – a Prefeitura não participa do processo seletivo – dez do regime fechado que trabalharão na fábrica de artefatos de cimento e, quarenta como prestadores de serviço na área de jardinagem. Para o prefeito, “essa é uma semente que estamos plantando inicialmente no Poder Público e, posteriormente na iniciativa privada – acredito que vários empresários mudarão o conceito sobre os reeducandos e, as portas serão abertas, com certeza, esse é apenas o primeiro passo”.

O Juiz da Comarca, Alexandre Pampado, tem um olhar otimista para o projeto e vê três pontos positivos nessa iniciativa – empregar os egressos das prisões que encontram dificuldades de emprego na iniciativa privada e, com esse suporte fica mais fácil; o bom comportamento do reeducando porque ele está consciente de que esse é um requisito essencial para ser selecionado e, a economia para o município. Pela sua ótica, “esse projeto é um passo importante para vencer os preconceitos da sociedade e, para que, de fato, os reeducandos tenham uma segunda chance, vida nova, sem olhar o passado”.

O Promotor de Justiça, Adriano Roberto Alves, ressaltou dois pontos importantes – “tão importante quanto embelezar a cidade é investir nas

pessoas e, os políticos precisam ter essa visão porque a sociedade ganha e há também o investimento pessoal no ser humano que está enfrentando dificuldades”. O promotor enfatizou a importância do Dr. Alexandre para o sucesso do projeto, “sem ele, sem o seu empenho o projeto não andaria”.

O diretor da cadeira, Valdeir Zeliz dos Santos, relembrou que várias famílias pediram a volta do projeto tanto pelo salário que é importante no orçamento doméstico, quanto pela expectativa de mudança de vida, da busca por uma oportunidade no mercado de trabalho e, “nada melhor que oferecer esperança a quem precisa desse apoio”. Valdeir reafirmou que esse projeto promoveu uma convivência harmoniosa e uma tranqüilidade entre os reeducandos porque todos estão na expectativa de serem contemplados para esse projeto.

Alcance social

Luizinho Magalhães, que representou a Assembléia Legislativa na solenidade, enalteceu o trabalho do prefeito e a sua força de vontade para tirar do papel projetos interessantes e fundamentais para a sociedade, “e o 2ª Chance que oferece oportunidade para aqueles que no passado cometerem algum equívoco tem um alcance social imensurável”. Parabenizo o Poder Judiciário, Ministério Público, Câmara Municipal, Igreja envolvidas pela brilhante iniciativa e, especialmente pela dedicação de forma voluntária.

O vereador Carlinhos que representou a Câmara e, no seu pronunciamento fez uma leitura pertinente da situação – “errar é humano e, qualquer um de nós está sujeito a cometer erros, equívocos e, nem por isso podemos ser condenados o resto da vida”. Segundo ele, se há uma dívida com a justiça e o cidadão conseguiu quitar, “porque a sociedade não lhes dar outra oportunidade? A Câmara é parceira desse e de outros projetos de cunho social e, juntos podemos fazer a diferença, eu acredito nisso.

O presidente do Projeto 2ª Chance, Marconi César Magalhães, acredita no sucesso desse trabalho porque os contemplados sabem que “para seguir o caminho errado é fácil, mas encontrar alguém que estenda a mão quando se busca ajuda, é difícil e, esse projeto tem esse alcance e despertou essa consciência nos reeducandos”. O secretário de Infraestrtura, Eduardo Wolf, tem uma visão plural – além do aspecto social que é explicito e inquestionável, há também o econômico – “nos quatro primeiros meses só em corte de grama se gasta 45 mil reais com a mão de obra e, com o projeto serão gastos 30 mil somando mão de obra

mais a aquisição dos equipamentos, portanto é uma economia que parece pequena, mas no final de um ano é bastante significativa”. Cada reeducando receberá um salário mínimo.

Participaram da solenidade os vereadores Luiz Costa, Edna Manich, Manoel Mazzutti, a secretária de Promoção Social, Ana Carla Ruaro, representante da pastoral carcerária, o assessor do juiz Alexandre, João Ricardo Borges Leal, o vice, Sérgio Fava, funcionários públicos, representantes de segmentos organizados, empresários, enfim foi um momento especial de muita esperança nesse projeto.

Comentários




Comentário



código

código captcha

Nome *


E-mail * (o e-mail não será divulgado)

Veja também:

Nota de Pesar

Veja o que muda em Primavera do Leste a partir desta quarta-feira (15)

“Eu Amo Meu Bairro” chega para a região do Jardim Luciana e Poncho Verde

1ª Edição do “Eu Amo Meu Bairro” de 2020 será no Tuiuiú

Primavera do Leste inicia o ano com oito obras públicas em andamento

Prefeitura lança edição do Natal Encantado

Central de Monitoramento ganha equipamento para ajudar na segurança pública

Prefeitura e Câmara Municipal cedem motocicletas novas à Polícia Militar

Prefeito notifica Águas de Primavera pela falta de abastecimento de água em bairros da cidade

Primavera do Leste tem mais câmeras para reforçar a segurança

Veja mais

Prefeitura Municipal de Primavera do Leste / MT
Todos os Direitos Reservados

Rua Maringá, 444 - Centro
Primavera do Leste - MT - CEP 78850-000
(66) 3498-3333